Tudo sobre anti pulgas para cães e gatos

Os remédios anti pulgas devem ser utilizados periodicamente na prevenção do surgimento de pulgas e carrapatos em cães e gatos.

Essas pragas são alguns dos problemas mais comuns que acometem bichinhos de estimação. E convenhamos, não tem aflição maior do que ver nosso melhor amigo incomodado com a coceira que eles causam, não é mesmo?!

E assim como outros problemas de saúde dos animais, pulgas e carrapatos exigem que tomemos cuidados extras para que isso não piore causando uma infestação, nem colabore com o aparecimento de outras doenças mais graves.

Mas o tratamento necessário em caso de infestação dessas pragas é assunto para outro post. Aqui focaremos em oferecer todas as informações que você precisa saber sobre como e qual antipulgas usar no seu cachorrinho ou gato.

Tratamentos Anti Pulgas

Antes de começar o tratamento anti pulgas, certifique-se de que o ambiente em que o animal vive foi dedetizado, visto que essas pragas desovam em ambientes fora do corpo do seu bichinho.

Certificando-se disso, você pode escolher entre diversas opções, existem muitos tipos de produtos anti pulgas no mercado, vamos listar aqui os mais utilizados e caberá a você, juntamente com o médico veterinário do seu bichinho, escolher qual a opção que mais se adapta a rotina de vocês e características do animal.

Comprimidos: com certeza esta é a opção mais rápida para eliminar pulgas e carrapatos de forma imediata. Tanto cães, como gatos, começam a eliminar as pragas em menos de uma hora após a ingestão. Além disso, são de fácil administração, já que são palatáveis.

Pour on: essa é a opção mais conhecida pelos proprietários. Ela vem em pequenas bisnagas e você deve aplicá-la em gotas na região do dorso do cãozinho ou gatinho, preferencialmente na nuca, pois é uma região em que eles não conseguem lamber. Dependendo do princípio ativo, pode ser utilizado em filhotes a partir de 4 semanas e fêmeas prenhas.

Muitas pessoas fazem uso desse medicamento com o bichinho molhado, logo após o banho. Porém esta prática não é recomendada. Esta opção de anti pulgas deve ser usada dois dias antes ou dois dias depois do banho bichinho.

Coleira: este método vem sendo muito utilizado, principalmente por sua alta durabilidade. Quando o proprietário opta por ela, deve levar em consideração a qualidade e procedência, pois ela pode causar irritações na pele de animais e intoxicação caso ela seja ingerida. Além disso, existem algumas coleiras que tem função de repelente de moscas e mosquitos.

Além dos métodos citados acima, temos os antipulgas em versão de sabonete/shampoo e spray. O ideal é que você converse bem com o médico veterinário do seu bichinho antes de escolher a opção que você fará uso. Ele poderá tirar todas as suas dúvidas a respeito de cada método.

Cuidados anti pulgas

Se você observar que seu cachorro ou gato está com ferimentos na pele, causados pelo excesso de coceira ou outro problema dermatológico, é ainda mais importante consultar um dos médicos veterinários da Clínica Veterinária Santa Catarina antes de usar qualquer tipo de anti pulgas. Isso é feito para não piorar a irritação.

Além disso, o veterinário poderá prescrever também um vermífugo, pois a infestação de pulgas costuma vir acompanhada de vermes, causando doenças ainda piores. Falamos um pouco sobre isso no post por quê você não pode deixar de dar vermífugo para o seu cachorro e/ou gato?. Confere lá.

O cuidado anti pulgas é algo que você deve se preocupar constantemente e não apenas em caso de infestações. Qualquer bichinho pode pegar estas pestes, porém, ela é mais frequente em cães e gatos. Por isso, faça o uso de produtos preventivos, principalmente durante a limpeza do local em que o bichinho vive.

Além disso, caso você note que seu cachorro voltou se coçando de um passeio, evite levá-lo novamente aquele local. Cuidar bem do seu bichinho de estimação é cuidar bem também da sua família. Ainda mais no caso de pulgas que podem se espalhar por todo o ambiente.

Se precisar de ajuda, entre em contato e agende uma consulta.

Voltar para Dicas