Como identificar e tratar a gripe canina

A gripe canina é uma doença respiratória altamente contagiosa e muito comum durante as estações frias do ano. Embora tenha muita semelhança com o vírus que acomete os humanos, ela é transmitida apenas de cão para cão e também possui vacina para evitar a virose, que apresenta um aumento significativo com as mudanças climáticas de baixas temperaturas e tempo seco.

Causas da gripe canina

Causada pelos vírus Parainfluenza H3N8, a gripe canina é muito semelhante ao vírus que atinge os humanos, porém só é transmitida entre cachorros e costuma atingir principalmente cães que ficam do lado de fora das casas, pois estes ficam mais propensos a ter contato com animais já contaminados. É uma doença exclusiva da espécie, porém, pode atingir cachorros de qualquer raça, tamanho ou idade, sendo o principal fator da proliferação a imunidade do seu pet.

A gripe canina é muito semelhante a Traqueobronquite Infecciosa Canina, ou Tosse dos Canis, mas são doenças diferentes, causadas por agentes diferentes, pois esta é causada pela bactéria Bortedella. Cães com a imunidade muito baixa, quando a doença não é tratada da forma correta, pode facilitar que se contagie com outra doença, piorando gravemente seu estado clínico.

Sintomas da gripe canina

Conforme já mencionado, por ser um vírus muito semelhante ao que causa a gripe em humanos, os sintomas da gripe canina também são muito parecidos, são eles:

  • ● Corrimento nasal;
  • ● Coriza;
  • ● Tosse persistente;
  • ● Diarréia;
  • ● Febre;
  • ● Mal-estar.

Se você identificar algum dos sintomas da gripe canina em seu cãozinho, procure imediatamente um dos médicos veterinários da Clínica Veterinária Santa Catarina para uma consulta. Porém, se ele está saudável, vale investir na vacina específica para a gripe canina para evitar que ele fique doente, pois quando os casos se agravam pode ser fatal.

Tratamento da gripe canina

Não é indicado medicar seu cão sem indicação médica, muito menos utilizar medicação para humanos. No caso da gripe canina, não existe um antiviral específico, porém, é possível um tratamento para que o sistema imunológico possa combater o vírus através do uso de analgésicos, antitérmicos e antibióticos.

Além disso, é importante manter seu pet hidratado oferecendo muita água, redobrar os cuidados com a higiene do local em que o cachorro vive, bem como garantir uma alimentação adequada.

Para mais informações sobre a gripe canina, entre em contato com a Clínica Veterinária Santa Catarina.

Voltar para Dicas